quarta-feira, 23 de setembro de 2009

tenho saudades tuas... só os bons partem...

tenho saudades meu amigo
saudades tuas Rodrigo
saudades dos tempos em que tu quando algo me angustiava me davas a mão e tudo parecia melhorar, saudades de olhar para o teu rosto que tão frequentemente denominava de calma em forma redonda!
tenho saudades do tempo passávamos juntos na praia a ver, somente ver, olhar para o infinito e apenas a estar um com o outro.
tenho saudades de ser feliz, pois desde que morreste que nunca mais fui verdadeiramente feliz. Contigo morreu parte de mim... a parte que tu tinhas por direito, não de sangue, mas por escolha... A nós aplicava-se a frase "OS AMIGOS ESCOLHEM-SE, A FAMÍLIA ATURA-SE!".
Para mim sempre foste mais do que o amigo de infância que conservei, foste o meu verdadeiro irmão, aquele que embora não sendo de sangue era mais do que se o fosse.
A tua morte trouxe não só a saudade, mas tb o estado de abandono.
Contigo estava sempre com alguém ao meu lado e estava sempre ao lado de alguém, éramos um para o outro o que nunca tivemos de ninguém, éramos o apoio, a base, o pilar, a alegria, a fraternidade, enfim verdadeiros e únicos.
percorremos aventuras e loucuras sem fim (seguíamos por onde a cabeça, e os dedos no mapa nos levavam, íamos até onde fosse preciso para viver aquele momento de alegria) fazíamos tudo juntos, e acima de tudo contávamos tudo um ao outro. com a tua morte isso acabou, mais ninguém conseguiu fazer-me falar de tudo...
sabes o que dói mais é estar neste momento na mais das profundas merdas e estar sozinha sem ninguém ao meu lado que me diga "vai ficar tudo bem" mesmo sem saber!
raio, porquê tu?
com tanto gebo por aí tinhas de ser tu a morrer antes
de teres vivido tudo... e se tu tinhas alegria de viver, aliás tínhamos...
no próximo sábado há um concerto dos Xutos , sim dos nossos xutos, tenho um bilhete, mas a única vez que voltei a um desde a tua morte senti-me mal senti que não era o mesmo... não sei se vou conseguir voltar a ir a outro!!! já tenho saudades de os ver!!! mas a dor de não te ter por perto a gritar a saltar a viver comigo aquele momento é muito grande, é insuportável, mas vou tentar... por mim
e o desgosto que vivo, a solidão em que me encontro,a sobrevivência que me atravessa não deixam espaço para a alegria de viver..

NÃO TE CONSIGO ESQUECER... ACIMA DE TUDO NÃO CONSIGO ACEITAR QUE SÓ OS BONS PARTEM E A MERDA POR CÁ FICA


NUNCA TE VOU ESQUECER, VAIS SER SEMPRE O MEU MANO, O MAIS ADORADO DE TODOS OS AMIGOS...

OLHA POR MIM MESMO MOMENTO PRECISO DA TUA FORÇA, DA TUA LUZ...
AJUDA-ME

2 comentários:

Shikichika disse...

Olá!Sou a Rita, este texto fez-me chorar, porque já me sucedeu o mesmo, de facto faz uma falta enorme, e a saudade nunca acaba.Por mais amigos que eu tenha, ninguém substitui aquele.É sem duvida, uma grande dora perda de um grande amigo.Compreendo perfeitamente a tua situação.cumprimentos

Shikichika disse...

Olá!Sou a Rita, este texto fez-me chorar, porque já me sucedeu o mesmo, de facto faz uma falta enorme, e a saudade nunca acaba.Por mais amigos que eu tenha, ninguém substitui aquele.É sem duvida, uma grande dora perda de um grande amigo.Compreendo perfeitamente a tua situação.cumprimentos